Com a chegada do inverno, não são apenas as doenças respiratórias que atacam com mais frequência. O tempo seco e o aumento do contato com ácaros encontrados nas roupas de frio, que ficam muito tempo guardadas, favorecem o aparecimento da conjuntivite, que também pode ser causada pela poluição.

A conjuntivite é uma doença que se caracteriza pela inflamação da conjuntiva, causada por agentes tóxicos, alergias, bactérias ou vírus. A conjuntiva é a membrana transparente que recobre o globo ocular e a parte interna da pálpebra. A conjuntivite viral é altamente contagiosa.
Geralmente compromete os dois olhos, não necessariamente ao mesmo tempo, sendo o contágio feito pelo contato direto com a pessoa doente ou objetos contaminados. Esta contaminação ocorre com maior facilidade em ambientes fechados.

Os principais sintomas da conjuntivite são: olho vermelho e lacrimejante, inchaço nas pálpebras, intolerância à luz e visão embaçada.

É difícil prevenir-se das conjuntivites, mas algumas medidas podem diminuir o risco de você adquirir uma conjuntivite, que são:

  • Não use maquiagem de outras pessoas (e nem empreste as suas);
  • Evite compartilhar toalhas de rosto;
  • Lave as mãos com frequência e não coloque-as nos olhos;
  • Use óculos de mergulho para nadar, ou óculos de proteção se você trabalha com produtos químicos;
  • Não use medicamentos (pomadas, colírios) sem prescrição (ou que foram indicados para outra pessoa);
  • Evite nadar em piscinas sem água devidamente tratada.

Previna-se e aos primeiros sintomas, procure seu oftalmologista. Não use colírios sem prescrição médica.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *